Curso: Gorjetas – Etiqueta de Férias em Vegas

3 créditos; 1 miniguia; 1 fim de semana memorável

Pré-requisito: Planejar sua viagem para Vegas.

Descrição do curso: Este curso rápido introduz seus estudantes ao entendimento da etiqueta de Vegas em nível semelhante ao de um morador local. Os alunos desenvolverão habilidades para evitar situações superdesconfortáveis envolvendo gorjetas, relacionadas às experiências extraordinárias que somente Vegas proporciona e os excelentes profissionais que fazem com que essas experiências ocorram. Ao fim do curso, os estudantes poderão ter as melhores férias em Vegas possíveis e uma coceira de voltar ao destino para se divertirem ainda mais.

Introdução

Como você deve saber, o esquema de gorjetas nos Estados Unidos é um pouco diferente de como elas funcionam no Brasil. Profissionais que trabalham com atendimento ao público costumam ter um salário mínimo inferior ao das outras profissões, porque o próprio governo entende que eles ganharão uma parcela considerável de gorjetas. A ideia do sistema é a de que as gorjetas estimulam o profissional a melhorar o seu serviço – o que, consequentemente, torna a sua experiência de viagem ainda mais incrível. Por isso, mostre seu agradecimento a estes profissionais por meio das tão famosas “tips”. 

 I wrote an introduction topic to explain that in the US, tipping works differently than in Brazil because these professionals will usually receive less than other professionals because it is expected that a part of their income will come from tips and tipping stimulates them to provide better service, and thus result in a more memorable travel experience, so you should tip them to show you appreciate the service.

Many Brazilians think that tipping is unnecessary because we very rarely tip servicers here, so it felt important to add the reasoning behind tipping.

1. Host de cassino & ‘dealer’

Muitas informações online dizem que os hosts em cassinos não podem aceitar gorjetas, mas isso é de certo modo uma inverdade. Alguns hosts podem recebê-las (e agradecem!). Aqueles que não podem, aceitam recompensações que não sejam em espécie, como vales-presentes, garrafas de vinho, etc. O melhor jeito de saber é perguntar, e estes hosts apreciarão a atitude. Já para os dealers – no Brasil também conhecidos como carteadores –, você deve dar a eles em torno de US$ 5 em fichas a cada hora jogada.

2. Sommelier

Estes aficionados por vinhos conseguem perceber a diferença entre um pinot da costa da Califórnia ou de Willamette Valley Oregon, e podem explicar em detalhes por que um deles harmonizará muuuito melhor com seu prato. Mostre sua gratidão a estes profissionais oferecendo uma gorjeta de 10% a 20% se o vinho e a gorjeta já não estiverem inclusos na conta.

Outra dica: se você estiver jogando em um bar e ganhar, não se esqueça de dar uma pequena gorjeta ao bartender.

3. Faxineiro de banheiro

Estes corajosos soldados da vida noturna são normalmente deixados de lado quando se trata de gorjetas. Mas quando eles lhe derem um papel toalha, dê US$ 1 ou US$ 2 de volta – especialmente se você precisou pedir uma bala de hortelã ou um grampo de cabelo.

4. Concierge

O concierge é uma fonte de informação maravilhosa quando não se conhece Vegas tão bem. Para simplificar, considere: US$ 2 a US$ 5 para reservas em restaurantes, US$ 5 a US$ 10 para ingressos de shows, e em torno de US$ 20 para reservas difíceis de conseguir ou shows esgotados.

5. Garçonete de coquetéis

Normalmente, sugerimos em torno de US$ 1 por bebida. A maioria dos cassinos oferece drinques gratuitos se você estiver jogando algo e, neste caso, você deve dar como gorjeta o que normalmente já daria para uma bebida paga e deixar o valor em cima da bandeja. Tanto dinheiro em espécie quanto fichas de cassino são aceitáveis.

6. Host VIP (Casa noturna ou diurna)

Os hosts VIP de casas noturnas e cabanas de clubes diurnos são aqueles que preparam a sua entrada, mesa, garrafa(s), etc., e oferecem atenção individualizada para o seu grupo. A melhor prática é dar uma gorjeta de 18% a 20%, se não estiver inclusa na sua conta. Caso a garrafa de bebida seja cortesia, assegure-se de dar uma gorjeta baseada no que seria o preço da garrafa.

7. ‘Bellman’

É comum dar uma gorjeta de US$ 1 a US$ 3 por mala quando eles as levam ao seu quarto, não necessariamente quando eles as levam até o carro após o checkout.

8. Guia turístico

A maioria das pessoas se esquece de dar gorjeta aos seus guias de passeios turísticos, mas você deve considerar dar entre 10% e 20% dependendo da conta. Não se preocupe com isso se for afiliado ao National Parks ou outra entidade governamental.

9. Valet

Esses ninjas do estacionamento circulam como mestres, e isso não é um feito qualquer em um lugar como a Strip. Dê em torno de US$ 2 quando eles lhe devolverem seu carro para mostrar sua gratidão – e eles certamente ficarão gratos também.

10. Garçom em restaurantes

Ao contrário do Brasil, não é comum que a gorjeta venha assinalada na conta, a não ser para grupos de mais de 6 ou 8 pessoas – nestes casos, normalmente uma gorjeta de 18% já vem inclusa. A gorjeta varia de acordo com a qualidade do serviço, normalmente de 15% a 20%, sendo 15% o menor valor apropriado para um serviço regular, e 18% a média para um serviço bom. 

 I also added this paragraph about restaurant waiters. This is the most common situation that travelers have questions about. It says:

“Contrary to Brazil, it is not that common for the tip to be listed on the bill, unless it is a group of 6-8 people or more – in this case, a tip of 18% is usually included. Tipping varies according to the quality of the service between 15%-20%, being that 15% is the considered the minimum for a regular service and 18% is the average for a good service.

LOAD MORE